Responsabilidade Civil da Enfermagem


Jornada científica debate tema no campus Olezio Galotti

Publicado em 2/10/2018

A VI Jornada Científica de Enfermagem reuniu alunos, professores e profissionais da área para discutir Judicialização: Responsabilidade Civil da Enfermagem com o objetivo de debater as vivências e conquistas da profissão. O encontro aconteceu no campus Olezio Galotti, nessa terça-feira, 2.

O evento também oferece uma atualização profissional acerca de temas da atualidade, de acordo com a coordenadora do curso, Ilda Cecília Moreira. “Temos uma preocupação muito grande com os profissionais que colocaremos no mercado e, infelizmente, o Conselho Federal de Enfermagem tem identificado atuações do grupo de Enfermagem em circunstâncias comprometedoras em relação a normas, rotinas e aspectos legais. Então cabe a nós alertar os nossos alunos a respeito das normativas da profissão”, completou a coordenadora.

A judicialização trata-se de um crescimento de questões jurídicas no âmbito da saúde, segundo os advogados Manuela Marcath Millen e Daniel Roxo de Paula Chiesse, que são especialistas em Direito Medico e da Saúde. “É um trabalho de conscientização do profissional acerca da sua responsabilidade no dia a dia e a falta de informação, em muitos casos, é o que acarreta em um processo judicial”, explicou Manuela.

“Atualmente, os principais processos acontecem pelo profissional não passar informações adequadas ao paciente e à família; ao preenchimento incorreto de prontuário e essas falhas são obrigações do profissional, com base no código de ética”, continuou Daniel.

Apresentação de trabalhos científicos

A jornada começou com a apresentação das produções científicas dos acadêmicos. O trabalho da Andreza Mota, aluna do terceiro ano, abordou “Educação em saúde na atenção primária”. “Entendo que precisamos dar educação em saúde para que possamos melhorar alguns indícios em saúde. É uma realização estudantil apresentar o trabalho durante a jornada, porque é um crescimento acadêmico”, comentou a futura enfermeira.

A qualidade dos trabalhos reafirmou o trabalho que vem sendo feito no curso. “Para o curso é uma grande satisfação, porque estamos alcançando o nosso objetivo que é preparar o aluno não só para o exercício profissional, mas também para reflexão crítica em relação a sua própria prática a reboque daquilo que eles encontram nos campos de estágio”, concluiu Ilda.


Veja Também: