Receita nutritiva


Curso de Nutrição é representado no ‘Prêmio Merenda 10’

Publicado em 12/12/2017

As alunas do curso de Nutrição, Marilyn Gama, Surama Castro e Nathane Nogueira participaram do ‘Prêmio Merenda Nota 10’, que tem como objetivo valorizar o trabalho das merendeiras e propor cardápios diferenciados a partir do uso de receitas saúdáveis, para implementar na merenda escolar do município de Piraí. O pró-reitor de pesquisa e pós-graduação, Alden Neves, que participa como jurado do evento que já acontece há alguns anos, conta um pouco sobre como funciona.

“No concurso, as receitas precisam ser desenvolvidas pelas merendeiras, depois testadas nas escolas e expeimentadas pelas crianças. Logo após acontece a votação na Secretaria Municipal da Educação, onde escolhemos uma finalista de cada escola do município”, explicou. As receitas precisam ser viáveis e nutritivas, reduzindo o consumo de óleo e açúcar.

A avaliação dos jurados, que acontece sempre no fim de cada ano, analisa os quesitos de originalidade, nutrientes e apresentação Os jurados julgam com notas de 0 a 5. Depois disso, três finalistas são selecionados e as receitas vencedoras são replicadas para as outras escolas da rede. “Com isso, o trabalho das funcionárias é valorizado, assim como o desenvolvimento de ações locais”, disse o pró-reitor.

A aluna Marilyn Gama, do sétimo período de Nutrição, mora em Piraí e teve a oportunidade de conhecer o projeto neste ano. “O concurso valoriza o papel dessas profissionais que muitas vezes é esquecido em outras cidades.A ação as incentivam a procurarem novas receitas e aprimorarem o cardápio dos alunos”, frisou.

A aluna Nathane Nogueira, do oitavo período do curso, apontou que as profissionais puderam ter liberdade para criar os pratos, destacando a cultura alimentar da região. “O evento foi uma iniciativa excelente para aproximar as merendeiras da rede municipal. Elas se sentiram ainda mais participantes no processo de desenvolvimento de hábitos saudáveis na alimentação dos alunos”, afirmou.

Surama Castro, aluna do sétimo período, participou do evento pela primeira vez. “O legal foi que os funcionários se dedicam para o sucesso do evento. Tive uma nova perspectiva a respeito da rede pública e um olhar diferenciado das ações do nutricionista na prática de saúde coletiva”, concluiu.


Veja Também: