Mestrando surpreende com inovação ambiental


Produto que substitui poliuretano e absorve 3,6 vezes mais petróleo das águas

Publicado em 20/1/2017 as 14:32

O ex-aluno do curso de Ciências Biológicas e mestrando do Memat (Mestrado em Materias), Wagner Martins, criou uma solução com produtos 100% naturais que retira petróleo e derivados derramados em meios aquáticos e terrestres. O material substitui o tradicional poliuretano, utilizado atualmente, e tem eficácia 3,6 vezes maior. Todo trabalho de pesquisa começou nos laboratórios do UniFOA e o produto entra no mercado a partir de 2017.

“O Biosolvit não causa impacto no meio ambiente e colabora para a eficiência e rapidez do processo de despoluição. Hoje em dia, 9 litros de petróleo demoram 30 minutos para serem adsorvidos. Com a nova solução, 15 litros de óleo serão absorvidos em 15 minutos”, descreveu Wagner.

E os benefícios não param por aí, segundo o biólogo, no modelo tradicional, o petróleo retirado com poliuretano é incinerado, transferindo a poluição que era na água, para a atmosfera e com o absorvedor Biosolvit, 95% do petróleo será devolvido para refino.

“As primeiras análises foram feitas nos laboratórios do UniFOA, ainda em minha graduação. Hoje temos o resultado de tanta dedicação e auxílio da professora Daniela Mulinari. Preciso enfatizara o apoio que a instituição concede às pesquisas e também os laços que tem com as empresas da região, que me abriram grandes portas”, finalizou Wagner. 


Veja Também: