Declaração de Imposto de Renda


Atividade começa nesta terça-feira, no campus Vila

Publicado em 12/3/2018

O Núcleo de Práticas Humanas do UniFOA, composto por alunos dos cursos de Ciências Contábeis e Administração, oferece orientação gratuita, a partir desta terça-feira, 13, para o preenchimento da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2018. Os contribuintes que receberam, em 2017, rendimentos de até R$ 36 mil poderão comparecer ao campus Vila, terças e quintas-feiras, a partir do dia 13 de março, das 14h às 16h40. O atendimento com limitação de senhas, por ordem de chegada, vai até o dia 26 de abril. 

O IRPF 2018 se trata de um valor que é descontado anualmente do rendimento do trabalhador ou empresa como forma de contribuição para o governo de cada país. É obrigatório e todos aqueles que recebem mais de R$ 28.559,70, ao ano de receita tributável devem fazer a sua declaração. A lista completa de condições está no site da Receita Federal.

- Temos um grupo de acadêmicos que foi treinado para realizar essa atividade, pela professora   do curso de Ciências Contábeis, Solange Aparecida de Paula. O evento de Extensão Universitária  se justifica pelo fato  de tratar da Responsabilidade Social  e  possibilitar a formação do profissional cidadão, além de se credenciar, cada vez mais, junto à sociedade como espaço privilegiado de produção do conhecimento significativo para o acadêmico, destacou a coordenadora do curso de Ciências Contábeis, Patrícia Nunes.

Atendimento  

O atendimento acontece por ordem de chegada, com senha, e os interessados devem levar:  

- Dados da conta bancária para restituição ou débitos das cotas de imposto apurado, caso haja;

- Nome, CPF, grau de parentesco dos dependentes e data de nascimento;

- Endereço atualizado;

- Cópia da última Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (completa) entregue;

- Atividade profissional exercida atualmente.

- Recibos de pagamentos ou informe de rendimento de plano ou seguro saúde (com CNPJ da empresa emissora e a indicação do paciente);

- Despesas médicas e odontológicas em geral (com CNPJ da empresa emissora ou CPF do profissional, com indicação do paciente);

- Comprovantes de despesas com educação (com CNPJ da empresa emissora com a indicação do aluno).

Quem deve declarar:

- Contribuintes que receberam, no ano de 2017, rendimentos tributáveis que totalizaram mais de R$ 28.559,70, ou seja, trabalhadores, aposentados ou pensionistas com renda mensal com valor de mais de R$ 1.903,98 mensal;

- Contribuintes que tiveram rendimentos não tributáveis acima de R$ 40.000,00. Rendimentos não tributáveis são aqueles que não geram nem lucro, nem valor líquido, sendo assim não precisa pagar imposto;

- Para os trabalhadores do campo, é obrigatório fazer a declaração do imposto, caso o rendimento anual bruto de renda rural seja acima de R$ 128.308,50;

- Contribuintes que investiram qualquer valor em bolsas de valores, mercado de capitais ou similares;

- Contribuintes com imóvel ou terrenos em suas posses, com valor superior a R$ 300 mil.

- Trabalhadores que optarem pela isenção de imposto de renda sobre o valor da venda de imóveis, desde que esse seja usado para a compra de outro imóvel em território nacional no prazo de 180 dias

ATENÇÃO: sonegar qualquer imposto é crime. Sendo assim, se o cidadão se enquadra na obrigatoriedade de declarar o imposto de renda 2018, mas não declarar o mesmo, pode receber punição com multas e detenção de até dois anos com regime fechado de prisão.


Veja Também: