Campeonato de Handebol


Evento tradicional acontece há 35 anos no curso de Educação Física

Publicado em 1/11/2017

Alef Oliveira | 3º Ano de Jornalismo

A 35ª edição do Campeonato Infantil de Handebol do UniFOA foi um sucesso de público e de participantes. O evento foi organizado pelos alunos do primeiro ano e nesta edição de 2017, aproximadamente mil pessoas estiveram presentes, entre alunos e professores. O campeonato reuniu crianças das escolas municipais de Volta Redonda e fez o primeiro contato desses meninos e meninas com o centro universitário, através do projeto que une esporte e cidadania, não havendo campeão, pois a conotação do evento é integrar.

O Festival de Handebol aconteceu no sábado, 21 de outubro, das 7h as 12h, no ginásio poliesportivo do campus Três Poços. Competiram 17 equipes, com crianças entre 10 a 12 anos, que foram treinadas pelos próprios acadêmicos do Curso de Educação Física, com auxílio e supervisão do professor da disciplina de Handebol, Erik Farani - que também estudou na instituição e participou do projeto em 1989, como aluno.

Nesta edição, o projeto também contou pela primeira vez com a participação da disciplina de Organização de Eventos, representada pela professora Maria Paula e pelo professor Paulo Celso, que salientou a importância dos aspectos sociais que o evento tem. “É ponte que o festival faz entre as periferias da cidade e o ambiente acadêmico através do esporte, inserindo essas crianças em um universo distante de suas realidades”, pontuou o professor Paulo Celso.

Um exemplo da importância dessa integração com a comunidade externa e os docentes do curso é a acadêmica Gislaine Cristina que, em 2010, participou do campeonato e se apaixonou não só pelo esporte, mas também pelo trabalho desenvolvido pelos alunos da época. Isso a motivou a seguir os mesmos passos inverter o seu papel. Hoje, Gislaine participa do evento como aluna do curso de Educação Física e organizadora.

Os pais dos meninos e meninas das escolas municipais de Volta Redonda declararam ter notado uma mudança no comportamento dos filhos após o inicio dos treinos “A dedicação e a responsabilidade foram pontos bem expressivos no comportamento do meu filho, ele que me lembrava dos dias e horários dos treinos” lembrou Valter, pai do Ruan Felipe.


Veja Também: