Avaliação em Habilidade e Prática Médica


Alunos do primeiro módulo de Medicina vivem experiência prática

Publicado em 11/4/2018

Os alunos do primeiro módulo do curso de Medicina realizaram, nessa quarta-feira, 11, a Avaliação em Habilidade e Prática Médica, no Laboratório de Habilidades, no campus Olezio Galotti. A prova prática contou com a participação de três duplas de atores que encenaram e dramatizaram uma cena de um paciente que sofreu um traumatismo por um acidente com moto.

O eixo Medicina e Humanidades faz parte dessa avaliação, segundo a professora responsável, Sônia Moreira. “Foi feita toda preparação de cenário, maquiagem e roupagem dos atores. Os alunos assistiram à dramatização e nós aplicamos a Metodologia Ativa da Gameficação chamada ‘Técnica dos sete erros’, na qual os alunos nomearam e identificaram alguns erros produzidos pelo médico que estava encenando”, explicou Sônia.

A aplicação desse tipo de avaliação motiva o aluno, segundo a professora Sônia Moreira. “Temos, também, a habilidade em comunicação e os acadêmicos demonstraram se possuem ou não o domínio dessas habilidades, que é a básica que perpassa por todo curso e é aprendida nesse módulo. A prova aproxima o acadêmico de um cenário real que ele vai encontrar no futuro não tão distante”, comentou.

Essa foi a primeira prova realizada pela aluna Julia Alves. “Apesar do nervosismo por ter sido minha primeira prova prática, foi uma experiência enriquecedora, porque percebi que a prova prática também é uma forma de absorver aprendizado”, disse.

O aluno do 11° módulo, Igor Pereira, também participou da atividade. “Atuei como um médico que não espero ser, um médico desleixado e sem ética”, brincou. “Não passei por esse tipo de avaliação e acredito que o método ajudará muito os alunos futuramente, pois eles já saberão como agir durante o internato”, comentou o futuro médico.

TICs em ação

O projeto TICs Medicina é um projeto interdisciplinar entres os cursos de Medicina, Jornalismo e Publicidade e Propaganda que já existe há três anos, segundo a professora responsável, Rhanica Coutinho. “No caso das avaliações, os alunos voluntários do projeto se prontificam a auxiliar na dramatização fazendo o papel de paciente. Dessa vez trouxemos também alunas de Publicidade que maquiaram os pacientes simulando ferimentos”, explicou.

A futura publicitária Paola Fernandes, do terceiro ano, começou a participar do projeto esse ano. “Já aprendi muito durante esses meses, principalmente no que diz respeito ao relacionamento com o cliente. Durante as dramatizações também acabamos absorvendo muito conteúdo que contribuem para nossa formação como pessoa”, concluiu.


Veja Também: